Publicidade

Magazine Luiza

segunda-feira, 17 de novembro de 2008

Ouça o Clamor. Agora!!!



É possível ouvir gritos e não são poucos os que ecoam pelo mundo à fora. Quem pode ouvi-los?

A Bíblia nos diz: "Quem tem ouvidos ouça o que o Espírito diz às igrejas". (Apocalipse 2:29). Com isso é possível concluir que este grito é completamente diferente dos demais e só pode ser ouvido por aqueles que tem dentro de si o mesmo clamor.

A poucos dias atrás, ouvi algo que abriu os meus olhos e me fez refletir. O versículo era este: "Quem crê em mim, como diz a Escritura, rios de água viva correrão do seu ventre". (João 7:38) Dá pra imaginar a profundidade deste versículo? A Bíblia nos diz que somos a morada do Espírito Santo, então, temos este clamor ardente em nós. Nunca se pregou tanto sobre a volta de Jesus, por outro lado, nunca foi visto tanta iniquidade, falta de amor e apego a bens materiais. O pecado parece reinar em nossa sociedade, talvez pelo fato das pessoas se tornarem "tão" liberais e o avanço da tecnologia as impulsionarem para tal.

Existem aqueles remanescentes, não concordam com os ditames do mundo, vivem uma vida à luz da palavra. Sabem que em breve encontrarão com o Amado das nossas almas.

Enfim, de tudo isso o que se ver é uma grande correria para alcançar os perdidos, estão todos (ou quase todos) eufóricos querendo cumprir o ide do Senhor. Isso é muito bom, bom mesmo.

As pessoas correndo em meio ao deserto, gritando em alto e bom som: " O tempo está cumprido, e o reino de Deus está próximo. Arrependei-vos, e crede no evangelho. (Marcos 1:15)

A história se repete. Num certo momento da história, surgiu no deserto um cara que todos diziam ser maluco, doido, outros diziam ser um profeta, pelo fato desse "maluco" trazer consigo uma mensagem radical que contrariava todos naquele periodo. Ele usava de muita autoridade em suas palavras, afinal, sabia do que estava falando.

Mas na verdade esse cara tinha um objetivo já estabelecido em seu coração, conhecer o Messias.

João Batista, como todos sabem recebeu de Deus uma missão que era preparar o caminho de Jesus, ou seja, anunciar que Ele viria para libertar o povo de seus pecados e dar a vida eterna. Mas o desejo de ver o Messias ardia em seu coração, isso fez com que ele entregasse a sua vida por completo em prol dessa missão. Parte dessa geração tem andado com Jesus, experimentado dos milagres dEle. E o que nos motiva assim como foi com João, é o fato de saber que um dia iremos nos encontrar e viver com Ele eternamente.

Esta paixão ardente por Jesus é o que vai nos manter de pé ao longo dessa caminha. É por ela que o Espírito Santo vai nos transbordar com o óleo da unção e nos encorajar para pregar as boas novas do Reino. Assim como foi feito com Pedro e João, homens de pouca instrução, pescadores, que após terem andado com Jesus, ficaram completamente apaixonados por Ele. E por isso foram cheios de poder e falavam com ousadia e intrepidez acerca do Reino de Deus.

A boca fala do que está cheio o coração. Quanto mais tempo você investir com Jesus, muito mais receberá dEle. Surgem perguntas: Quando as pessoas olham para você, o que elas vêem Jesus ou seus pecados? Elas acreditam no que você diz? Elas sabem que podem confiar em você?

Existe um clamor, você pode ouvir? É um clamor que invade todo o nosso ser, querendo mais intimidade com o Senhor. "E, porque sois filhos, Deus enviou aos vossos corações o Espírito de seu Filho, que clama: Aba, Pai". (Gálatas 4:6)

Experimente aproximar um pouco mais de Jesus, abra seu coração pra receber o clamor do Espírito "Aba Pai".


Wanderson Sabino.

Teologia Sem Mensalidade

Publicidade

Poderá gostar também de: