Publicidade

Magazine Luiza

quarta-feira, 10 de junho de 2015

Não tem milagre, e agora?


Há certos momentos em nossa vida que passamos por grandes dificuldades e até pensamos que não iremos aguentar. Nessas horas, percebemos o quanto dependemos de Deus e assim, pedimos sua intervenção, Seu milagre.

Claro que essa dependência é superimportante e precisa sim existir na vida de cada um de nós. 
Mas é preciso estar claro que nem sempre teremos a resposta que queremos ouvir, ou seja, podemos receber um “NÃO” a qualquer momento.

Mas se a resposta de Deus for um “NÃO” de todo tamanho, tenha certeza que pode não ser um ponto final naquele assunto. Talvez você não esteja preparado pra receber um sim naquele momento. 
E Ele quer que você fique um pouco mais amadurecido.

Nesse momento é que podemos ver os mais diversos tipos de reações e a maioria é como a criança que quer algo e os pais dizem “agora não”. Ela faz pirraça e chora.

É ai que sabe o que Deus espera de nós? Ele espera que O amemos mais, que o desejemos mais que o milagre em nossas vidas. Porque pode ser que Ele esteja provando a nossa fé, vendo até onde vai a nossa confiança e nos fazer perceber quem realmente somos. 
E a nossa volta tem muitos que amam mais os milagres que o próprio criador dos milagres e podemos em algumas situações nos incluir nesse bolo. 
Podemos chamar esse grupo de “Os Revoltados com Deus”.

Certa vez o apostolo Paulo recebeu de Deus uma resposta que talvez ele não esperasse: “Três vezes roguei ao Senhor que o afastasse de mim; e Ele me disse: a minha graça te basta, porque o poder se aperfeiçoa na fraqueza.” (2 Co 12. 8-9)

Paulo insistiu com Deus por três vezes e recebeu NÃO em todas elas. O Senhor não iria ceder a petição dele, o milagre que Paulo buscava não iria vir. E pela resposta que Deus deu foi encerrando o assunto e colocando um ponto final.

Sabe qual foi a reação de Paulo diante dessa resposta? Ele não ficou irado, não fez beicinho, pelo contrário, ele se aproximou ainda mais de Deus. Paulo tinha consciência de que independente do milagre vir, seu amor por Deus deveria permanecer, pois, a decisão não dependia dele.

Deus é Deus com ou sem a manifestação do milagre.
Deus espera que nosso amor por Ele seja acima de todas as coisas.


Gostou desse artigo? Receba nossos novos artigos em seu e-mail 






Teologia Sem Mensalidade

Publicidade

Poderá gostar também de: