Publicidade

Magazine Luiza

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

Ele nos amou primeiro



“Porque todos pecaram e
carecem da glória de Deus.” (Romanos 3:23)

Fomos criados a imagem e semelhança de Deus, para com Ele viver em comunhão.
Mas o pecado afastou o homem de Deus, quando por um ato de desobediência, Adão rompeu seu relacionamento com Ele. Como todos nós somos descendência de Adão, nascemos também em pecado. Herdamos a natureza pecaminosa de Adão e por isso é necessário que o sangue de Jesus, o Cordeiro de Deus venha nos purificar.

É preciso reconhecer que somos pecadores, que precisamos do perdão de Deus para então, alcançarmos misericórdia e finalmente sermos perdoados pelo Senhor.
Muitas vezes o nosso ego quer falar mais alto e não nos deixa aproximarmos de Deus. Para que alguém consiga entrar na presença dEle é preciso estar com um coração quebrantado, totalmente humilde e arrependido.

“Mas as vossas iniqüidades fazem divisão entre vós e o vosso Deus; e os vossos pecados encobrem o seu rosto de vós, para que vos não ouça.”(Isaías 59:2)

A iniqüidade é fruto de uma vida distante de Deus. Uma vida de rebeldia, desobediência e atitudes de independência.
Todas as pessoas que não querem ter um compromisso sério com Deus, procuram desculpas para justificar as atitudes rebeldes. Pensam estar fazendo bem em andar fora dos mandamentos do Senhor. Que basta apenas serem bonzinhos, fazerem caridades ou cumprir uma rotina de ir à igreja (religiosos).

É necessário muito mais que isso, é preciso cumprir todos os mandamentos do Senhor. Quem obedece apenas uma parte é como se não obedecesse nada. O nosso Deus não é um Deus de metades, Ele é um Deus completo e, Sua palavra é clara quando diz: Sim, sim, não, não. Ou você é ou não é. Não existe meio termo.

É comum ver pessoas dentro das igrejas muitas vezes fazendo a obra de Deus, mas sem compromisso sério. Fazem talvez por auto promoção, um costume ou por que querem manter as aparências na sociedade. São pessoas que de repente gostam de estar perto dos irmãos ou até mesmo gostam do que fazem e não querem largar aquele cargo, mas por outro lado não abrem mão daquela vida que leva fora da igreja. Uma vida de baladas, prostituição ou quem sabe de fofocas ou intrigas. São pessoas que querem viver uma vida dupla e não querem largar o mundo, mas também não querem deixar as coisas de Deus.

A Bíblia nos diz que não é possível amar dois senhores. Um dos dois será mais amado que o outro e tenha certeza que Deus não divide sua Glória.
Quando Deus resolveu nos libertar Ele enviou Jesus. Este era Seu único Filho, e Ele não pensou duas vezes, por amor de nós Ele decidiu logo e nos entregou tudo que possuía. É necessário entregarmos tudo que temos por amor ao nosso Deus.
Afinal, Ele nos amou primeiro.



Wanderson Sabino

Teologia Sem Mensalidade

Publicidade

Poderá gostar também de: