Publicidade

Magazine Luiza

quinta-feira, 16 de junho de 2016

Três atitudes que faz o possível se tornar impossível


O Brasil está vivendo dias terríveis, dias como nunca houve na sua história. 
Um período de crise, onde mais de 11 Milhões estão desempregados, hospitais superlotados sem poder dar o mínimo de assistência aos pacientes e na política cada dia um novo escândalo.
Estamos diante de um povo em que grande parte já não acredita que Deus existe. 
Outros devido tantos acontecimentos e já com a fé abalada e porque não dizer fraca, questionam: - Se Deus existe, porque está deixando tudo isso acontecer?

Quando olhamos para toda essa situação, começamos a perceber que existe uma multidão desesperada e esperando uma única palavra de esperança seja ela de onde for.
E a palavra que tenho para você é:

      DEUS NÃO CONHECE O IMPOSSÍVEL.
      PARA DEUS TUDO É POSSÍVEL.


Evangelho escrito por Marcos 10.27 Jesus diz algo muito interessante: “Jesus, porém, olhando para eles, disse: Para os homens é impossível, mas não para Deus, para Deus todas as coisas são possíveis.”

Grande parte dos nossos fracassos é por nossa culpa. 
Reclamamos demais, murmuramos o tempo todo e na maioria das vezes não acreditamos que as coisas poderão mudar e para melhor.
Não acreditamos que tudo vai dar certo, que vamos vencer, que o milagre vai chegar e que Deus é conosco. 
Pelo contrario, só pensamos e acreditamos no lado negativo. Que tudo vai dar errado, que somos fracassados, que essa situação não tem solução e que Deus já nos abandonou faz tempo.

Conhece essa pessoa? Não? Muito prazer é você e eu.
Diante disso, quero destacar apenas três atitudes que faz o possível se tornar impossível na sua e na minha vida.
1°. Murmuração – A murmuração nos afasta do propósito de Deus e nos faz ficar cada vez mais longe da promessa. Ou seja, cada vez que murmuramos atrasamos a bênção de nos alcançar.

A caminhada do povo de Israel entre o Egito e a terra prometida por Deus tinha uma previsão de quarenta dias, mas por causa da murmuração demorou quarenta anos. E sabe o que é pior? De toda aquela geração que saiu do Egito, somente os filhos menores de vinte anos do povo, Josué e Calebe conquistaram a terra da promessa.
A murmuração nos faz andar em círculos e chegar a lugar nenhum.

A murmuração afasta as pessoas da nossa presença.
Não existe alguém que queira ficar perto de uma pessoa que só sabe reclamar.
Havia um homem paralítico em Jerusalém, próximo ao tanque de Betesda há 38 anos esperando por um milagre.
Jesus sabendo da situação desse homem fez uma simples pergunta:- Queres ser curado? A resposta seria uma resposta simples e objetiva: Sim ou Não. Porém, não foi.

O paralítico começou a reclamar de toda a sua situação e de como estava ali e não aparecia ninguém para ajudá-lo.
Talvez as pessoas olhassem para aquele homem com um sentimento de pena ou dó. Pois estava sozinho, abandonado, sem ninguém para estender as mãos. 

Quem sabe esse homem brigava com todas as pessoas e elas se cansaram de tentar ajudar, cansaram de estender as mãos e não ver um pingo de sentimento de gratidão nesse homem que só sabia reclamar.
Aos poucos a murmuração afasta a família e amigos, o milagre e a bênção e por fim, torna o caminho para terra da promessa mais difícil e longínquo.

Continua no próximo post.



Gostou desse artigo? Receba nossos novos artigos em seu e-mail
Comente e Compartilhe com os amigos



 









Teologia Sem Mensalidade

Publicidade

Poderá gostar também de: