Publicidade

Magazine Luiza

quinta-feira, 27 de junho de 2013

A Escolha ainda é Sua


E foram todos os dias de Enoque trezentos e sessenta e cinco anos. E andou Enoque com Deus; e não apareceu mais, porquanto Deus para si o tomou. (Gênesis 5:23-24)

Sempre que leio essa passagem bíblica fico procurando imaginar como era a relação entre Deus e Enoque. Que intimidade era essa que existia entre os dois que fez com que Deus o tomasse para junto de Si?

A bíblia não apresenta detalhes a respeito da vida desse homem, porém é fácil perceber que Enoque era um homem comum. Se fosse nos dias atuais seria considerado um jovem pela sua pouca idade em comparação aos outros. Também tinha uma família constituída e por isso acreditamos que ele era um homem comum que tinha que trabalhar e se dedicar aos afazeres costumeiros, embora ele andava, caminhava, se separava para estar junto a Deus.

Outro personagem que me deixa emocionado é Noé.
Este também era um homem comum, não possuía um curso de teologia, não era líder de nenhum ministério e não reunia multidões para ouvir seus sermões.
Na verdade, Noé era um homem que não se preocupava em mostrar que estava comprometido com a obra de Deus. Até porque ele não estava. No entanto, ficamos perplexos ao descobrir que ele possuía um compromisso tão intenso com Deus. Ele vivia segundo os preceitos do Senhor.

Estas são as gerações de Noé. Noé era homem justo e perfeito em suas gerações; Noé andava com Deus. (Gênesis 6:9 )

Assim como Enoque, Noé também andava com Deus. Ele havia escolhido não se contaminar
Penso que ele era discriminado por não fazer as mesmas coisas que os outros homens faziam.
Havia tanto pecado nesse tempo que Deus estava determinado acabar com toda a criação.
Ele olhava para a Terra e só via maldade, violência e toda espécie de pensamentos ruins. Era pecado em cima de pecado. Mas Noé havia decidido não pactuar com isso, para ele o melhor era viver em santidade e não segundo o curso do mundo.

Será que você também teria tomado a mesma decisão que Noé? Imagina só, não havia nenhum outro que andava com Deus, pois toda a Terra estava corrompida. Ele devia se sentir um peixe fora d'água.

Finalmente Deus olha para Noé e vê que existia alguém que Ele poderia confiar, que poderia se orgulhar, ou seja, alguém que havia decidido viver separado do pecado.

Olha só, valeu a pena Noé ter se entregado para Deus. A vida em santidade lhe rendeu a salvação e da sua família também.

Agora me diga, vale a pena ser diferente em suas atitude ou não?
Você tem vivido segundo os ensinamentos bíblicos ou segundo o mundo?

Pois é, veja só...
Todos os dias temos a oportunidade de escolher andar com Deus ou não. Aceitar o pecado e praticá-lo ou não, e cada decisão tomada é gerado uma consequência, assim colhemos aquilo que plantamos.

As consequências de Noé por ter escolhido viver em santidade foram a salvação dele e da família, ou seja, ele colheu bênçãos. E você o que tem colhido em sua vida?

Jesus certa vez disse: Vós sois a luz do mundo.(Mateus 5:14)
Cada atitude sua mostra se você está sendo luz para o caminho de alguém. Viver para Deus é renunciar seu "eu" dia após dia. Não foi isso que nosso Mestre Jesus ensinou?

Ser santo não é virar um “chato”, de maneira que todos correm ao avistar você mas, é decidir escolher só aquilo que agrada a Deus. É aproveitar cada segundo de sua vida como se fosse o último. 
Curtir as amizades que edificam, passear, se divertir e ter em mente que Deus está à procura de alguém que ele pode confiar. E esse alguém pode ser você.
Por isso, procure ter a consciência tranquila diante de Deus sempre.

Quanto ao mais, irmãos, tudo o que é verdadeiro, tudo o que é honesto, tudo o que é justo, tudo o que é puro, tudo o que é amável, tudo o que é de boa fama, se há alguma virtude, e se há algum louvor, nisso pensai. 
(Filipenses 4:8 )

Em Cristo,
Wanderson Sabino

Teologia Sem Mensalidade

Publicidade

Poderá gostar também de: